O umbigo

Era uma vez um escritor que nunca tinha começado uma história com “era uma vez” e achou que estava mais do que na hora de usar esse delicioso chavão. Num dia qualquer, desimportante demais para ter sido anotado por qualquer um, o escritor, batizado ainda agorinha há pouco de Aroldo Amétodo, saiu do claustro escuro …

Meu velho

Oi, Paulo.   Estou aqui para lhe dar, antes de mais nada, os parabéns. Porque apesar de tudo, das depressões adolescentes, das crises profissionais, das noites mal dormidas, das dúvidas profundas, do luto por amigos que se foram cedo, do medo de consultar o extrato bancário; apesar do excesso de Coca Zero, do sedentarismo incorrigível, …

Pirâmides de biscoitos ou biscoitos em forma de pirâmide

Reza a lenda e aquela coisa falha que chamo de memória que Guimarães Rosa aconselhou Fernando Sabino a abandonar as crônicas que o mineiro escrevia lá naquele estilo maravilhosamente simples dele para ambicionar construir pirâmides. Essa história é algo que sempre gera reações entre o bocejo e o ressentimento contido, até que invariavelmente aparece alguém …